sábado, abril 30, 2011

Frelimo pede ao PGR sanções contra deputado da Renamo

A bancada parlamentar da Frelimo, através da sua chefe de bancada, Margarida Adamugy Talapa, solicitou, quinta-feira, em Maputo, ao Procurador Geral da República, Augusto Paulino, para tomar medidas sancionatórias e de harmonia com a legislação contra o deputado da Assembleia da República pela bancada da Renamo, Armindo Milaco.

ANC PROMETE SANAR IRREGULARIDADES NO PROCESSO ELEITORAL

JOANESBURGO, 29 ABR (AIM) – O Presidente do Congresso Nacional Africano (ANC), o estadista sul-africano, Jacob Zuma, reconheceu Quinta-feira ter havido irregularidades no processo de nomeação de candidatos para as eleições municipais de 18 de Maio próximo, situação que se não for sanada poderá reduzir o apoio do partido.

Está a Frelimo preparada a enfrentar as consequências?

A bancada da Frelimo na Assembleia da República desperdiçou, na semana passada, uma extraordinária oportunidade de demonstrar claramente que defende um Estado de Direito, fundado nos princípios da dignidade humana, onde os direitos humanos dos cidadãos são inegociáveis.
Trazida à agenda, pela Renamo, a questão relacionada com a brutalidade da polícia contra trabalhadores de uma empresa de segurança no início de Abril, a Frelimo caiu exactamente na armadilha do seu adversário, opondo-se (naturalmente) a que o assunto fosse objecto de debate, incluindo a necessidade de mais esclarecimentos por parte da tutela governamental da polícia. Ler mais

Classes de cidadãosClasses de cidadãos

Por Machado da Graça

Para que serviria a luta se continuássemos submetidos ao trabalho forçado, às companhias, às minas,mesmo se tudo estiver cheio de gerentes e capatazes africanos? Para quê o sacrifício se continuarmos a ser obrigados a vender o gado e o algodão, em feiras que só beneficiam os comerciantes, mesmo se estes forem africanos? Qual a razão de ser de tanto sangue, se no fim continuássemos submetidos a um Estado que, mesmo se governado por moçambicanos, só serve os ricos e poderosos? Como manter uma polícia que prende e tortura os trabalhadores, guardar um exército que dispara contra o povo, mesmo se todos os generais forem pretos? (Samora Machel) Ler mais

quinta-feira, abril 28, 2011

Gamito é novo presidente do CC e Quilambo reitor da UEM

O presidente da República, Armando Guebuza, nomeou, ontem, o actual presidente do First National Bank (FNB), Hermenegildo Gamito, para o cargo de presidente do Conselho Constitucional (CC), depois da renúncia de Luís Mondlane, a 18 de Março passado.
No mesmo dia, Armando Guebuza nomeou o actual vice-reitor da Universidade Eduardo Mondlane (UEM) para o cargo de reitor, em substituição de Filipe Couto, que esteve no cargo durante quase cinco anos.
A nomeação de Quilambo foi antecedida da sua exoneração do cargo de vice-presidente, dado que não podia ocupar dois cargos da mesma natureza simultaneamente. Assim, Quilambo deverá ser substituído por Ana Maria Mondjana no cargo de vice-reitora da UEM. Tanto Orlando Quilambo como Ana Maria Mondjana são quadros seniores da UEM e com larga experiência profissional. Ler mais

Malawi: Presidente criticado pela imprensa após expulsão de um diplomata

Blantyre - O presidente do Malawi, Bingu wa Mutharika deve aprender a considerar a crítica como uma medicina amarga", estimou hoje (quinta-feira) o diário privado malawí Daily Time, após a expulsão do alto-comissário britânico que tinha criticado o chefe de Estado.

State operatives re-arrest Kiiza Besigye

Polícia prende líder opositor e reprime manifestação em Uganda



Esta é a situação de Uganda hoje

Fonte: aqui e aqui.

Tribos líbias pedem a queda do ditador Kadhafi

Misrata- Membros e líderes das tribos líbias pediram hoje (quarta-feira) ao coronel Muammar Kadhafi que deixe o poder, enquanto os rebeldes, graças aos bombardeamentos da Otan, anunciaram ter conseguido restabelecer a segurança no porto de Misrata.

quarta-feira, abril 27, 2011

PGR não abriu processo contra dono do MBS

O Procurador-Geral da República, Augusto Paulino, disse ontem, no Parlamento, que no caso MBS, apenas decorre um inquérito às acusações feitas pelos americanos, mas não há nenhuma investigação nem processo aberto ao cidadão Momade Bashir Sulemane.
Em termos taxativos, o PGR refere, no seu informe, que “no decurso do inquérito, a equipa (da PGR) toma em consideração que estamos em presença de um processo de averiguações, não dirigido, necessariamente, contra certa e determinada pessoa”. Ler mais

Renamo interrompe Procurador durante a a leitura do informe

Sessão foi paralisada durante uma hora porque a perdiz exigia a leitura completa do informe.
A Bancada parlamentar da Renamo interrompeu o procurador-geral da República quando estava a apresentar o informe sobre o estado da justiça no país. Segundo a perdiz Augusto Paulino não estava a ler na integra o documento apresentado a Assembleia a quinze dias, por via disso a sessão esteve interrompida cerca de uma hora.Joslain Nkoumba

Fonte: TIM - 27.04.2011

Duplica violência doméstica contra homens em Manica

O NÚMERO de homens agredidos pelas próprias mulheres em Manica quase duplicou nos últimos três anos, com mais de 300 casos registados só este ano. Dados estatísticos indicam que de Janeiro a Março de 2011 mais de 366 queixas deram entrada no Gabinete de Atendimento à Mulher e Criança Vítimas da

Número de homens violados aumenta no Zimbabué > Internacional > TVI24

O número de homens atacados sexualmente no Zimbabué tem aumentado e as autoridades estão preocupadas com o fenómeno. O último caso aconteceu na semana antes da Páscoa, escreve o jornal local «The Herald». Ler mais

Processos disciplinares para 5 dos 12 agentes da FIR que descarregaram violentamente contra grevistas da G4S

Sem indicar qualquer nome nem as categorias respectivas, o Comando Geral da Polícia da República de Moçambique, veio esta terça-feira dizer que como resultado do trabalho que vem sendo realizado pela Comissão de Inquérito criada para averiguar os responsáveis pelo uso desproporcional da força por parte dos agentes da Força de Intervenção Rápida (FIR) contra guardas e vigilantes da G4S, 5 agentes daquela unidade policial especial já tem processos disciplinares abertos contra eles. Ler mais

Número de homens violados aumenta no Zimbabué

O número de homens atacados sexualmente no Zimbabué tem aumentado e as autoridades estão preocupadas com o fenómeno. O último caso aconteceu na semana antes da Páscoa, escreve o jornal local «The Herald».

terça-feira, abril 26, 2011

MIRADOURO - Vaidade política que deu em falso (5)

Por Arlindo Oliveira

Ora, quando se trata de um conflito político, sempre, tem sido hábito dos mentores e protagonistas do lado oposto ao conflito arranjar-se bodes expiatórios, procurar-se um culpado que não exista, embora um ditado popular dê conta de que a culpa nunca morreu solteira.

Maria Moreno diz não pretender voltar para a Renamo

A antiga Chefe da Bancada Parlamentar da Renamo na Assembleia da República (AR), o parlamento moçambicano, Maria Moreno, diz estar feliz por ter abandonado esta formação politica e filiar-se a uma outra, o Movimento Democrático de Moçambique (MDM).
Moreno disse que jamais pensou em regressar a Renamo, apesar de manter contactos com o líder deste que 'e o maior partido político da oposição no país, Afonso Dhlakama.

Moçambique no grupo de 26 países na situação de incerteza política

O nome de Moçambique aparece numa lista de 26 países africanos com elevado grau de perigosidade, onde a qualquer momento poderão eclodir agitações pronunciadas na esteira do aumento de tensões socioeconómicas ao longo do presente ano de 2011.

segunda-feira, abril 25, 2011

Vaidade política que deu em falso (4)

MIRADOURO

Por Arlindo Oliveira

Bem, a euforia pela democracia, me parece que só agora é que chegou ao mundo árabe africano. Quando o povo se farta de algo ou de um político, nem parece ter recebido ovações em tempos anteriores. E quem tira proveito destas situações são os ocidentais, que sempre são apologistas de alternância no poder político.

Moda moçambicana na televisão sueca

Veja aqui:
http://svtplay.se/v/2393980/kladkod/del_14_av_16_mocambique

Moçambique:Desmobilizados de guerra ameaçam manifestar-se

Hermínio dos Santos exorta a comunidade internacional, com destaque para o governo americano, no sentido de cortar os apoios para Moçambique

Escute aqui

O Fórum dos Desmobilizados de Guerra de Moçambique promete desencadear manifestações ao nível nacional, visando pressionar a Assembleia da República a revisitar e aprovar o estatuto do desmobilizado, submetido recentemente pelo governo moçambicano.

Município da Beira inaugura primeira sede de bairro construida de raíz

Beira (O Autarca) – O município da Beira inaugura nesta segundafeira, 25 de Abril, a primeira sede de bairro construída de raíz.
Trata-se da sede de bairro de Inhamízua, arredores da cidade da Beira, que será inaugurada pelo presidente do município, Daviz Simango.

“Naparamas” pressionam governo com manifestação

Um grupo de indivíduos que se assumem ex-guerrilheiros do conflito armado de 16 anos, conhecidos por “naparamas”, poderão desencadear brevemente uma manifestação em reacção às declarações do ministro dos Combatentes, Mateus Kida, segundo as quais os mesmos não serão abrangidos pelo Estatuto dos Combatentes se envolveram espontânea e voluntariamente no conflito armado de 16 anos.
A posição deste grupo foi tomada, semana finda, depois de uma reunião de emergência realizada na sua base, em Nicoadala, província da Zambézia, na qual participaram mais de 22 mil homens, para uma avaliação ao pronunciamento do ministro Mateus Kida sobre a sua exclusão do estatuto dos combatentes.

Fonte: O País online - 25.04.2011

Reflectindo: Coisa complicada esta. E os milicianos? Agora como fazer-se contagem do tempo que cada naparama, miliciano prestou serviço militar? Em Nicoadala reuniram-se 22 mil homens (naparamas). O que isso quer dizer?

Marrocos: milhares em protesto nas ruas

Milhares de pessoas saíram às ruas de Marrocos para reclamar mais democracia no país e justiça social, apesar da recente libertação de presos políticos pelo rei Mohammed VI e da sua promessa de importantes reformas.
Segundo a agência AFP, os protestos começaram logo pela manhã nas cidades de Casablanca, Tanger e Marraquexe, seguindo o apelo do movimento de jovens «20 de Fevereiro», que exige mudanças políticas e sociais em Marrocos, ao considerar insuficientes as medidas do monarca.
Outras manifestações estavam previstas na capital, Rabat, e em Fez.

Fonte: TVI24 - 25.04.2011

Reflectindo: parece existir algo que distingue entre Marrocos e outros países do mundo árabe no que diz respeito às manifestações e acção do governo.

domingo, abril 24, 2011

PGR MANDA ARQUIVAR PROCEDIMENTO CRIMINAL CONTRA MONDLANE

Maputo, 24 Abr (AIM) – O Procurador-geral República de Moçambique (PGR), Augusto Paulino, mandou arquivar o pedido de procedimento criminal contra Luís Mondlane, na semana passada, alegando que a renúncia deste, não era juridicamente eficaz por carecer de publicação no Boletim da República (BR).

Vaidade política que deu em falso (3)

MIRADOURO

Por Arlindo Oliveira

Muitas vezes, os países dependentes, para evitar o termo “países pobres”, têm ou são obrigados a engolirem sapos vivos. Quando se é pobre, não se pode reclamar, não se pode impor as suas ideias ou as suas ideologias. É só ir a reboque.

sábado, abril 23, 2011

Cartas de condução biométricas: setenta e seis funcionários do INAV envolvidos em actos de corrupção

Setenta e seis funcionários do Instituto Nacional de Viação (INAV) poderão estar envolvidos em actos de corrupção, no âmbito da troca de cartas de condução do modelo cor-de-rosa pelo biométrico.
O facto foi detectado durante a auditoria interna que se realiza naquela instituição, enquadrada nas actividades de combate à corrupção na Função Pública.
Assim, a auditoria detectou casos de falsificação de processos de troca de cartas de condução, segundo um comunicado do Ministério dos Transportes e Comunicações. O mesmo comunicado indica que existem fortes indícios de envolvimento de 76 funcionários do INAV nestes actos.

Fonte: Rádio Mocambique - 23.04.2011

Vaidade política que deu em falso (2)

MIRADOURO

Por Arlindo Oliveira

NO caso concreto do nosso país, o destino quis que a gente enveredasse pela economia de mercado, depois que o comunismo desapareceu como aparecera. A História, por ela própria, desenha-se e, como o melhor juiz é o tempo, ela esfuma-se, deixando os seus vestígios, risonhos ou tristes. Ninguém pode negar a História, embora haja gente que a quer adulterar. Outras pessoas não querem que se diga a verdade. É só uma questão de suavizar a linguagem, tudo levezinho e pronto.

sexta-feira, abril 22, 2011

Autoridades negociam entrega de militares angolanos capturados na Costa do Marfim

Lisboa – As autoridades angolanas estão a manter discretos contactos com a França destinados a entrega de um grupo de militares angolanos que foram capturados por soldados franceses, em Abjadan, momentos antes da detenção do ex- Presidente Marfinense, Laurent Gbagdo. ler mais

Não há oposição em Moçambique?

Há concidadãos, que gritam em todo lado que em Moçambique não há oposição. Tenho me questionado se isso também significa que não há posição. A história política no mundo me deixa com este questionamento. Não vou longe, senão naquilo que observei e muitos dos leitores experimentaram.
Ora quando o Muro de Berlim quedou nos finais da década 90, no século passado, nos países do Leste da Europa, reinava o monopartidarismo cujos partidos eram os comunistas. Com a queda do muro e a desintegração da União Soviética e integração da Alemanha, os países ora com regime monopartidário passaram para o regime multipartidário. Em muitos desses países, senão todos, ascenderam ao poder partidos liberais. Muitos dos partidos comunistas que dominavam na totalidade, quase que desapareceram ou se tornaram minoritários, isto incluindo a Rússia, o ex-centro do sistema comunista. Donde vinham os liberais?

Côte d'Ivoire: Presidente de Conselho Constitucional assume responsabilidade na crise

Abidjan – O presidente do Conselho Constitucional da Côte d’Ivoire, o professor Paul Yao N’dré, reconheceu, no termo duma audiência quinta-feira com o Presidente Alassane Ouattara, a sua parte de responsabilidade na crise pós-eleitoral que fez centenas de mortos no país.

Manuel de Araujo: A Opiniao de Machado da Graca, um dos poucos cidadaos lucidos que a matria ainda conserva!

Olá amigo Filipe

Como vai a tua saúde e a da tua família? Do meu lado tudo bem, felizmente.
Queria hoje falar-te de alguns aspectos ligadosà questão da violência, tema de que se está a falaragora bastante.
Constantemente estamos a serbombardeados com declarações das mais variadasentidades a defenderem a paz e a ausência daviolência na resolução de todo o tipo de conflitos.
Os dirigentes do Governo e da FRELIMO, acomeçar ao mais alto nível, em todos os seus discursosgabam as vantagens da não violência na resoluçãode todos os conflitos. E isto é completamente normal.
Em todos os tempos e em todos os lugares é quem está no poderque defende a paz e o sossego. A sua paz e o seu sossego. Ler mais

quarta-feira, abril 20, 2011

Administradores de Nampula

DIALOGANDO

Por Mouzinho de Albuquerque

A nomeação de novos administradores distritais e exoneração de outros, na província de Nampula, tem sido, sempre, tema de conversas e de diversas interpretações, algumas das quais nos apresentam questionamentos no que respeita principalmente ao perfil ideal e percurso político deles para corporizar essa liderança e fazer crescer as esperanças dos residentes locais.

LAM: Governo moçambicano colhido de surpresa pelo banimento da União Europeia

O Governo moçambicano manifestou hoje, em Maputo, a sua surpresa com a decisão da Comissão Europeia (CE) que, na terça-feira, decidiu banir os operadores certificados no país de voar no seu espaço aéreo.
Segundo o ministro dos Transportes e Comunicação, Paulo Zucula, as razões que ditaram o banimento dos operadores moçambicanos do espaço aéreo europeu já estavam a ser resolvidas pelas autoridades de aviação civil nacionais.

Cresce número de moçambicanos sem documentação no estrangeiro

É de facto uma situação que preocupa o Governo de Moçambique pois são muitos moçambicanos que vivem ou trabalham no estrangeiro sem qualquer documentação.

REPENSAR SOBRE A UNIÃO AFRICANA URGENTEMENTE VAI SALVAR ÁFRICA

Por Noé Nhanthumbo

Gastar recursos escassos com tal organização nunca fez sentido...

Enquanto era o coronel de Tripoli pagando as quotas de alguns dos países de África e impondo a sua agenda com a real falta de participação dos seus vizinhos da África do Norte não havia motivos de preocupação em vários quadrantes políticos continentais. Tunísia, Egipto, Argélia, Marrocos sempre optaram por uma intervenção nos assuntos de uma União Africana dominada por Muamar Qaddafi.

A apresentação do novo Comandante começou no Partido Frelimo

Esta é uma peça de nóticia ou um subtítuto, que aparece no jornal electrónico Diário da Zambézia, na sua edição de 18.04.2011, a ler aqui ou aqui. O leitor anónimo que mo alertou aqui, coloca as seguintes questões:
Se isso for verdade, faço algumas perguntas?
1. Sera que o novo comandante tambem se apresentou (ou se apresentara) aos demais secretarios ou delegados de partidos politicos la na Zambezia?
2. E com essa postura que se pretende que nas eleições, nas manifestações pacíficas, na abordagem aos cidadãos, etc, a PRM actue de forma imparcial e equidistante, sem favorecer os membros de uns partidos e desfavorecer os dos outros?
3. Será que nao ha regras de etica profissional na PRM? Ou mesmo nao será isso um sinal claro de que a Policia e da Frelimo?
4. Será que isso nao e mais uma prova de que o aparelho do Estado esta partidarizado?

terça-feira, abril 19, 2011

Malawi expulsa diplomata britânico

“A situação de governação continua a piorar em termos de liberdade de imprensa, liberdade de expressão e direitos das minorias”
O enviado britânico para o Malawi foi convidado a abandonar o país depois de ter sido citado num jornal local a manifestar-se preocupado com a intolerância do presidente em relação a críticas e com a alegada

Descoberto grande depósito de gás na bacia do Rovuma

Um grande depósito de gás natural foi descoberto na bacia do Rovuma, anunciou a empresa japonesa Mitsui, que integra um projecto de exploração off-shore no norte de Moçambique.

IESE - Convite

O IESE convida todos os interessados para o lançamento do segundo número da série “Desafios para Moçambique”, iniciada pelo IESE no ano de 2010, e que tem como objectivo primeiro contribuir para o debate público sobre temas relevantes da vida do país.

O livro “Desafios para Moçambique, 2011” foi organizado por Luís de Brito, Carlos Castel-Branco, Sérgio Chichava e António Francisco, e editado pelo IESE, e contém quinze artigos, agrupados em seguintes secções: política, economia, sociedade e Moçambique no mundo.

A apresentação do livro será feita por um painel composto por Carlos Castel-Branco, Domingos de Rosário, Fernanda Massarongo, Rosimina Ali e Sérgio Chichava.

Data: 20 de Abril (4ª Feira)
Horário: 17.30 – 19.30
Local: Indy Village

segunda-feira, abril 18, 2011

Nigéria: «muitos mortos» em protestos pós-eleitorais

Casas, mesquitas e igrejas foram queimadas durante manifestações contra a vitória do presidente Goodluck Jonathan

Os protestos que se seguiram às eleições na Nigéria fizeram «muitos mortos», avança fonte da Cruz Vermelha, citada pela agência «Reuters», não conseguindo, para já, precisar o número de vítimas.

Opositores nigerianos acusam-se mutuamente de facilitar vitória do partido no poder

Lagos - Os dois principais partidos de oposição da Nigéria acusam-se mutuamente de ter facilitado a iminente e maciça vitória do presidente nigeriano cessante, Goodluck Jonathan, nas eleições presidenciais de sábado último, noticia a PANA.

CEDEAO e União Africana julgam eleições transparentes, livres e justas na Nigéria

Abuja, Nigéria (PANA) – Os observadores eleitorais da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) e da União Africana (UA) consideraram livres, justas e transparentes as eleições presidenciais de sábado na Nigéria.

domingo, abril 17, 2011

Africa: Why presidents' sons are Africa's new crop of pariahs (opinion) - Norwegian Council for Africa

In both Tunisia and Egypt, one of the major grievances of the population was the attempt by the long serving leaders to position their sons to take over leadership after them.
In the case of Egypt, there had been widespread speculation that Hosni Mubarak had been grooming his second son Gamal to succeed him. read more

Mesa redonda da VOA

Sobre as relações Angola - Côte d'Ivoire e a lideranca africana a VOA promoveu uma mesa redondo onde o docente universitário e jornalista Celso Malaveludeque e o activista político Luís Gimo fazem uma leitura contextualizada. Escute-os aqui ou leia o texto aqui.

sábado, abril 16, 2011

Voto esmagador aprova CGE

Os votos de 156 deputados foram suficientes para a aprovação da CGE

A Assembleia da República aprovou a Conta Geral do Estado (CGE), referente ao ano 2009, um documento que vinha dividindo as bancadas parlamentares. Os votos de 156 deputados foram suficientes para a aprovação da CGE, cuja falta de consenso começou quando o presidente da Comissão do Plano e

Tribunal do Egito dissolve partido do ex-presidente Mubarak

CAIRO (Reuters) - Um tribunal egípcio ordenou neste sábado a dissolução do partido político do ex-presidente Hosni Mubarak, uma das exigências dos manifestantes que derrubaram seu governo de 30 anos.
O Tribunal Superior do Cairo também ordenou a liquidação dos bens do Partido Nacional Democrático (NDP), e determinou que os fundos devem ser devolvidos ao Estado.
O NDP dominou o cenário político do Egito desde sua criação em 1978 pelo predecessor de Mubarak, Anwar el-Sadat.
A sede do partido foi incendiada por manifestantes que levaram à renúncia de Mubarak em fevereiro, e simpatizantes do partido foram acusados de brutalidade durante as manifestações.´

Fonte: Reuters.br - 16.02.2011

Reflectindo: É isto que aconteceu com o partido do Ben Ali, será este o destino dos partidos únicos?

Salvar a pátria andando em contramão

POR LÁZARO MABUNDA

“Em tudo o que compramos, do salário e outros rendimentos, há sempre presente 17% de um senhor chamado IVA; no mesmo salário há sempre presente mais de 3% de um senhor chamado IRPS; em toda a quantidade de energia que o pobre cidadão adquire para o consumo há, também, sempre presentes os senhores IVA, Taxa de Lixo e Taxa de Rádio”

Vaidade política que deu em falso (1)

Por Arlindo Oliveira

PARA nós, os africanos, têm-se propalado por aí que o poder, sobretudo político, é bastante saboroso. Cá no nosso continente, o chamado negro, muita coisa feia tem acontecido, desde que a epopeia das democracias começou a marcar a sua presença.

José Eduardo dos Santos desmente existência de depósitos de milhões no estrangeiro

Luanda, 15 abr (Lusa) -- O Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, desmentiu hoje em Luanda a posse de avultadas somas em dinheiro depositadas em bancos estrangeiros e desafiou a quem o afirma que prove as acusações.
"Na Internet, alguém pôs a circular a notícia de que o Presidente de Angola tem uma fortuna de 20 mil milhões de dólares (cerca de 14 mil milhões de euros) no estrangeiro", afirmou José Eduardo dos Santos, que intervinha na abertura da primeira sessão extraordinária do Comité Central do MPLA, preparatória do IV Congresso Extraordinário, marcado para os próximos dias 29 e 30.
Citado pela agência Angop, José Eduardo dos Santos desafia os seus detratores a apresentar provas do que acusam.

Fonte: Notícias Sapo - 15.04.2011

sexta-feira, abril 15, 2011

Partido no poder na África do Sul critica repressão na Swazilândia

Cidade de Cabo, África do Sul (PANA) – O Congresso Nacional Africano (ANC), no poder na África do Sul, criticou a repressão violenta das manifestações na Swazilândia e apelou a este país para se democratizar.

Detido chefe de milícia ligada a Gbagbo

Abidjan - O líder dos jovens patriotas, Charles Ble Gloude, partidário do ex-presidente ivoiriense Laurent Gbagbo, foi detido, anunciou Patrick Achi, porta-voz do novo governo.
"Ele foi detido quinta-feira e está em prisão domiciliar", afirmou Achi.

Fonte: Angola press - 15.04.2011

Burkina Faso: Presidente abandona cidade

Motim realizado pelos soldados da guarda presidencial leva chefe de Estado a deixar a sua aldeia natal
Blaise Compaoré, no poder há 24 anos, partiu esta sexta-feira de madrugada para Ziniaré após dezenas de militares terem saído às ruas, esta quinta-feira, e terem disparado para o ar em frente à sua residência, o palácio presidencial em Ouagadougou, escreve a Lusa.
Os militares burquinenses iniciaram os protestos em Março contra uma decisão judicial de condenar cinco soldados a 18 e 15 meses de prisão pela agressão a um civil por este ter feito a corte à mulher de um dos militares.

Fonte: TVI24 - 15.04.2011

Reflectindo: será o motivo?

Governador ameaça banir ONGs "com impacto nulo" na Zambézia

Maputo, 15 abr (Lusa) -- O governador da Zambézia, Itae Meque ameaçou banir mais de dez Organizações Não Governamentais (ONG), incluindo internacionais, por supostamente operarem clandestinamente e com "impacto nulo" naquela província moçambicana.

quinta-feira, abril 14, 2011

PARA ONDE QUEREM CONDUZIR O PAÍS?

CRÓNICA

Por Gento Roque Cheleca Jr., em Bruxelas

“Uns vivem na sofreguidão de alterar a Constituição da República para constituir uma monarquia familiar partidária (como era nos velhos tempos do comunismo), outros tentam, pela primeira vez na História da Humanidade, apagar o passado. Diz o povo que Deus só nos dá o peso que podemos aguentar. Desta vez, ao que me parece, Ele distraiu-se e carregamos um pouco mais.” Palestra com os meus sobrinhos.

Afinal o “Guru” da diplomacia Moçambicana enganou-se quanto ao AGP?

Por Noé Nhantumbo

Os factos falam por si…
A deserção de um major da Renamo significa que esta possui um exército?

Um país normal só tem um exército e uma polícia. A noticiada deserção noticiada há dias de um comandante militar da Renamo em Maríngwe e sua apresentação ao governo indicia o que todos sabem há já muito tempo. Há dossiers relacionados com o Acordo Geral de Paz de Roma que não estão concluídos. Ler mais no CanalMoz

Reflectindo: sobre esta história de deserção deixei o meu comentário há dias no Moçambique para todos, exprimindo que se o que conta o major Albertino Botha for verdade, é também verdade que a Renamo tem poder para fazer guerra. Se for uma propaganda o que se escreveu, aquilo foi uma brincadeira de mau gosto.

SADC instada a reagir com firmeza à campanha de terror na Swazilândia

Lusaka, Zâmbia (PANA) – A Open Society Iniciativa for Southern Africa (OSISA) pede à Comunidade de Desenvolvimento da Àfrica Austral (SADC) para agir com firmeza a fim de pôr fim à uma “campanha de terror" lançada pelo Governo da Swazilândia contra os seus próprios cidadãos.

Ouattara anuncia transferência de Gbagbo para vivenda digna de ex-chefe de Estado

Abidjan, Côte d’Ivoire (PANA) – O Presidente eleito da Côte d’Ivoire, Alassane Ouattara, declarou quarta-feira, em Abidjan, que o Presidente cessante Laurent Gbagbo, capturado segunda-feira última com alguns dos seus aliados pelas Forças Republicanas da Côte d’Ivoire (FRCI), foi transferido do Hotel do Golf para uma vivenda compatível com o seu estatuto de ex-chefe de Estado e equipada para o efeito.

Debate sobre a Conta Geral do Estado de 2009

Assembleia da República de Moçambique

Bancada Parlamentar da RENAMO

Intervencão da Deputada Ivone Soares

Excelências,

Mais uma vez, nesta Casa Legislativa, debatemos a Conta Geral do Estado. E fazemo-lo cientes de que a medida que se sofisticam as técnicas de cobrança das mais variadas contribuições que o Estado colecta dos cidadãos moçambicanos, sofisticam-se igualmente as técnicas de fuga ao fisco, sonegação de impostos, fraude fiscal, declarações de falência simuladas, única e exclusivamente para engordar os bolsos dos que já têm dezenas de salários mínimos pagos pelo erário público e/ou por empresas maioritariamente participadas pelo Estado.

quarta-feira, abril 13, 2011

Haja medidas exemplares na FIR

DIALOGANDO

Por Mouzinho de Albuquerque

A FORÇA de Intervenção Rápida (FIR) actuou de forma brutal e chocante, semana passada, contra os trabalhadores da empresa G4S em greve, na cidade do Maputo, facto que continua no topo das críticas da sociedade moçambicana. É que, na verdade, ninguém não ficou chocado, irritado e escandalizado com a tamanha barbaridade, com aquele uso excessivo da força por parte dos elementos da FIR, que segundo informações veiculadas pelos órgãos de comunicação social, um dos trabalhadores espancados perdeu a vida.

Formalizada detenção dos 24 agentes da G4S

Os 24 vigilantes e guardas da empresa de segurança G4S, detidos na sequência dos protestos contra os descontos e salários em atraso e que foram violentados selvaticamente por agentes da FIR que os detiveram desde a passada quarta-feira tiveram a sua prisão formalizada esta quarta-feira, apesar da empresa G4S haver retirado a queixa ontem.
Os trabalhadores não foram apresentados ao Juiz de Instrução no Tribunal Judicial da Cidade de Maputo como esteve previsto e, depois do Juiz haver legalizado a detenção, por actos de vandalismo na sede da G4S, os trabalhadores foram transferidos para a Cadeia Civil.

Fonte: @Verdade - 13.04.2011

Reflectindo: E os agentes da FIR? E aos membros da direccão do G4S o que lhes acontece?

Sentimentos unânimes na Guiné após detenção de Gbagbo

Conakry, Guiné (PANA) – A detenção do Presidente ivoiriense cessante, Laurent Gbagbo, segunda-feira em Abidjan, foi saudada em vários bairros em Conakry, a capital da Guiné, onde apoiantes e detratores do chefe de Estado destituído indicam em coro que este pagou pela “sua obstinação”.

Apoio de Angola a Gbagbo gera polémica em meios políticos luandenses

Escute aqui

Apoio de Angola à Laurent Gbagbo levanta preocupações ao nível nacional. Partido de Renovação Social e observadores nacionais condenam o apoio do MPLA em nome do Estado angolano ao presidente cessante da Costa do Marfim, detido na tarde da última segunda-feira em Abidjan.

Costa do Marfim: Antigo chefe militar pede aos fieis de Gbagbo para deporem as armas

General Philippe Mangou diz que houve mudança importante na liderança do país e os militares devem submeter-se ao novo poder político

Escute aqui

Na Costa do Marfim, os militares que estavam do lado do antigo presidente Laurent Gbagbo, receberam ordens de regresso as casernas e de submissão ao novo chefe de Estado, como parte do esforço para restabelecer a segurança após quatro meses de violência política.
Philippe Mangou antigo chefe de estado maior-general das forças armadas costa-marfinenses no mandato de Laurent Gbagbo ordenou aos militares para comparecerem nas suas respectivas unidades e se submeterem ao novo governo do presidente Alassane Ouattara.
O general Phillipe Mangou diz que há uma mudança importante na liderança do país, e por isso as forças armadas devem jurar fidelidade ao novo chefe. Mangou acrescentou que o presidente Ouattara os ordenou para ajudarem a garantir a segurança em Abidjan e no interior do país.
Garantir segurança em Abidjan significa capturar os membros dos Jovens Patriotas de Laurent Gbagbo, que Philippe Mangou semanas atrás ajudou a organizar para defender o antigo presidente. Laurent Gbagbo está agora em prisão domiciliária depois de sua captura pelas forças de Ouattara.
Gbagbo apelou aos seus apoiantes a deporem as armas. Mas existem ainda combates esporádicos em Abidjan, enquanto francos atiradores controlam o bairro de Plateau na baixa da cidade. O general Mangou promete que as novas forças armadas dirigidas pelo presidente Ouattara vão brevemente restaurar a ordem.
O general Mangou diz que para assumir o controlo da cidade, os militares devem acabar com o caos. O chefe militar está apelar a todos os detentores de armas e os que foram armados para que devolvam as armas. O general disse que se os militares apanharem alguém com arma, essa pessoa deve ser considerada como um criminoso e conduzida a julgamento. Ler mais

Fonte: Voz da América - 13.04.2011

Presidência senegalesa tira lições da detenção de Gbagbo na Côte d'Ivoire

Dakar, Senegal (PANA) – A detenção do Presidente cessante da Côte d’Ivoire, Laurent Gbagbo, segunda-feira em Abidjan é uma lição para os homens políticos africanos, declarou em Dakar o porta-voz do Presidente da República do Senegal, o ministro conselheiro Serigne Mbacké Ndiaye.

Chipande vs Rissuane Mubarak Reitor do ISCTAC

Segundo o Canalmoz, o general na reserva e representante da direcção do Partido Frelimo na província de Sofala, Alberto Joaquim Chipande, dirigiu-se ao Instituto de Ciências e Tecnologia Alberto Joaquim Chipande, na pessoa do respectivo reitor Rissuane Mubarak, em carta de duas páginas, onde acusa a ISCTAC de fazer uso indevido e abusivo de seu nome para obter vantagens de terceiros, prometer ou aceitar, para benefício próprio, ofertas com o propósito de obter julgamento favorável sobre os serviços prestados institucional ou individualmente, assim como para promover a imagem política e social dos seus gestores.

Reflectindo: O General Alberto Chipande não tem razão neste caso?

terça-feira, abril 12, 2011

Tropas de rival derrotado juram lealdade a marfinense OuattaraTropas de rival derrotado juram lealdade a marfinense Ouattara

Por Mark John e Ange Aboa

ABIDJAN (Reuters) - O presidente da Costa do Marfim, Alassane Ouattara, ganhou o suporte dos chefes do Exército de seu rival derrotado, enquanto a União Europeia e o Banco Mundial prometeram apoio financeiro para ajudar a encerrar as prolongadas divisões no país.

TRABALHADOR DA G4S FERIDO PELA FIR PERDE A VIDA

MAPUTO, 10 ABR (AIM) – Um dos trabalhadores da empresa de segurança privada Grupo Four Securicor (G4S) que se manifestaram na manhã de quarta-feira diante das suas instalações perdeu a vida, na sequência dos violentos golpes sofridos durante a brutal intervenção da Força de Intervenção Rápida (FIR), que foi ao local a pretexto de restaurar a ordem.

GOVERNO ALTERA MODALIDADES DE ATRIBUIÇÃO DA CESTA BÁSICA

MAPUTO, 12 ABR (AIM) – O Governo moçambicano alterou os critérios de acesso à cesta básica, uma medida recentemente aprovada pelo executivo para apoiar pessoas de baixa renda a minimizarem o elevado custo de vida.
A luz de tais alterações passam a ser elegíveis ao subsídio da cesta básica todos os que tenham rendimentos inferiores ou iguais a 2.500 meticais (cerca de 81 dólares EUA).

Como os angolanos comentam sobre assuntos políticos?

De vez em quando, tenho publicado aqui alguns artigos do Club-K. Uma das coisas que têm me interessado, é ler os comentários sobre os artigos. Sabendo-se que o regime angolano é tido o que protegia Laurent Gbagbo, pode ser interessante ler aqui a reacção dos angolanos em relação a detenção daquele.

Suazilândia: 50 pessoas detidas em manifestação

Advogada de direitos humanos queixa-se de ter sido espancada pela polícia

Cerca de 50 pessoas foram detidas esta terça-feira quanto tentavam manifestar-se pela democracia em Manzini, Suazilândia. A revelação foi feita à Lusa pela advogada de direitos humanos Mary Pais da Silva, que se queixou ainda de ter sido espancada pela polícia.
A advogada, de nacionalidade suazi e ascendência portuguesa, disse que os manifestantes foram detidos nas barragens policiais à entrada de Manzini. Para esta cidade estava marcada esta terça-feira o primeiro de três dias de protestos.

Fonte: TVI24 - 12.04.2011

Militares da ONU protegem Gbagbo e alertam para a crise

Nações Unidas - Militares da ONU protegiam hoje (segunda-feira) o ex-presidente da Côte d'Ivoire, Laurent Gbagbo, depois da sua captura, afirmaram fontes oficiais alertando, também, sobre a grave crise de segurança em que essa nação do oeste da África permanece.

Líbia: Falar da partida de Kadhafi é "ridículo" (Seif al-Islam)

Paris - Seif al-Islam, filho de Muammar Kadhafi, preveniu hoje (segunda-feira) que "falar da partida" do dirigente líbio é "ridículo", mesmo se ele tenha concordado sobre a necessidade de sangue novo no país, durante entrevista concedida à televisão BFM e divulgada nesta segunda-feira.

segunda-feira, abril 11, 2011

Partido no poder perde assentos para oposição nas legislativas nigerianas

Lagos, Nigéria (PANA) – A oposição registou um forte avanço em detrimento do partido no poder, durante as eleições legislativas organizadas sábado último na Nigéria, segundo os resultados divulgados até ao presente pela Comissão Eleitoral Nacional Independente (INEC).

Laurent Gbagbo, de marxista a ditador

Devia ter estado cinco anos no poder, mas esteve dez. Uma guerra civil e muitos mortos depois, foi detido esta segunda-feira.

Líbia: Mediadores africanos discutem "mapa do caminho" de cessar-fogo

Benghazi, Líbia - Uma delegação de mediadores africanos esta desde hoje (segunda-feira) a Benghazi (leste), reduto dos rebeldes líbios, um dia depois de uma reunião com o líder líbio, Muammar Kadhafi em Tripoli, para tentar obter um acordo de cessar-fogo.

Central sindical COSATU ameaça bloquear a fronteira na terça-feira

Joanesburgo, 11 Abr (Lusa) -- A central sindical sul-africana COSATU ameaça bloquear por completo o trânsito de veículos e pessoas entre a África do Sul e a Suazilândia na terça-feira em protesto contra o regime do monarca Mswati III.

Laurent Gbagbo detido pelas forças de Ouattara

Abidjan - O actual presidente da Côte d'Ivoire, Laurent Gbagbo, foi detido hoje (segunda-feira) pelas forças do seu adversário, Alassane Ouattara, e levado para a sede do presidente reconhecido pela comunidade internacional, informou o porta-voz do presidente eleito.
As primeiras informações sobre a prisão foram dadas pelo embaixador da França no país africano, Jean-Marc Simon.
"Laurent Gbagbo foi detido pelas forças republicanas da Côte d'Ivoire (FRCI, pró-Ouattara) e levado ao Golf Hotel (sede de Ouattara)", indicou Simon.
Uma fonte francesa informou ainda que o presidente não foi detido pelas forças especiais francesas presentes no país.

Fonte: Angola press - 11.04.2011

Boa conduta na “Josina

Estão em vigor, na Escola Secundária Josina Machel, em Maputo, novas medidas de “boa conduta”. As alunas estão proibidas de usar no recinto daquela instituição, mini-saias, extensões de cabelos extravagantes. As alunas grávidas estão proibidas de estudar no período diurno. Os rapazes não podem usar brincos, óculos escuros e lenços de cabeça. As medidas visam combater a indisciplina na escola.

Fonte: O País - 11.04.2011

domingo, abril 10, 2011

Violência contra grevistas da G4S: Comando da FIR ouvido em liberdade

O COMANDANTE do pelotão da Força de Intervenção Rápida e os agentes operativos que violentaram os trabalhadores grevistas da G4S estão a ser ouvidos em liberdade pela comissão de inquérito.
A comissão foi criada pelo Ministério do Interior para apurar o grau de responsabilidade no uso excessivo da força contra um grupo de trabalhadores da G4S que se manifestavam quarta-feira passada contra algumas irregularidades protagonizadas pela entidade patronal.
Contrariamente ao que vinha sendo propalado, uma fonte do Comando-Geral da PRM assegurou ao nosso Jornal que nenhum dos agentes da FIR está detido.

Nações Unidas diz ter atacado armamento de Gbagbo

Por Ange Aboa

ABIDJAN (Reuters) - Helicópteros franceses e das Nações Unidas atacaram armamento pesado pertencente a tropas leais ao atual presidente da Costa do Marfim, Laurent Gbagbo, disse o porta-voz da missão das Nações Unidas à Reuters.

Líbia: Otan ataca depósito de armas das forças de Kaddafi

Tripoli - A Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) anunciou neste sábado que vinha bombardeando, nas últimas 24 horas, os depósitos de munição e armas pesadas das forças leais ao ditador da Líbia, Muammar Kaddafi.

ONU diz que tropas de Gbagbo reconquistaram terreno em Abidjan

Por Ange Aboa e Loucoumane Coulibaly

ABIDJAN (Reuters) - Forças leais a Laurent Gbagbo, cercado em sua residência em Abidjan, reconquistaram terreno das tropas do rival Alassane Ouattara, que reivindica a Presidência, informou a Organização das Nações Unidas (ONU) na sexta-feira.

Líbia: Comité da UA prepara viagem ao país para mediar crise

Tripoli - O comité da UA (União Africana) encarregado de mediar a crise líbia se reúne hoje (domingo), para preparar uma viagem ao país, que segundo fontes diplomáticas poderia acontecer neste mesmo dia.

Líbia: Aviões da Otan obrigam caça pilotado por rebeldes a aterrar

Tripoli - Aviões de combate da Otan interceptaram neste sábado um caça-bombardeiro Mig-23 pilotado por rebeldes líbios e os obrigaram a retornar para sua base, informou à Agência Efe fontes da aliança.
A decolagem da aeronave rebelde foi detectada pelos aviões radar AWACS da Otan que vigiam constantemente o espaço aéreo líbio, em cumprimento a resolução 1973 da ONU que estabelece uma zona de exclusão aérea sobre a Líbia.

sábado, abril 09, 2011

SER JOVEM NOS TEMPOS DE HOJE EM MOÇAMBIQUE

"Se és um jovem moçambicano
Atravessa a fronteira do teu País
E parte destemido
Na procura de um futuro com Futuro

Fundos de Estado partidarizados

“O projecto de criação de frangos no Posto Administrativo de Messica, financiado no valor de 52 000,00Mt, pertence a um membro do partido Frelimo e fez desvio de aplicação para a compra e venda de peixe Chicoa"

violencia policia mocambicana.mp4



Que brutalidade é esta?

Mais de cem corpos encontrados na Costa do Marfim

Nações Unidas acredita que os homicídios terão ocorrido por motivações étnicas

As Nações Unidas encontraram mais de 100 corpos, a oeste da Costa do Marfim, nas últimas horas, informou o porta-voz do alto-comissariado, Rupert Colville, em conferência de imprensa.

Docentes da Universidade Mussa Bin bique demitem-se em bloco

Devido ao alegado ambiente tenso, causado pelo respectivo reitor

Na tentativa de colher a reacção do reitor, o mesmo agrediu fisicamente o operador de câmara da STV. A demissão foi acompanhada por uma greve pacífica levada a cabo pelos estudantes.

quinta-feira, abril 07, 2011

Violência contra grevistas na G4S: Detidos agentes da FIR

FORAM ontem detidos os agentes da Força de Intervenção Rápida (FIR) que na quarta-feira usaram excessivamente a força contra trabalhadores grevistas da empresa G4S. Ler mais

Portugueses lideram pedidos ilegais do B.I. moçambicano

Os portugueses são o grupo de estrangeiros que mais obtiveram documentos moçambicanos de forma ilícita em 2010, seguidos de paquistaneses e somalis, revelou hoje o Centro de Integridade Pública (CIP), de Moçambique.

África do Sul, Brasil e Índia reprovam ataque da ONU a Laurent Gbagbo

Segundo o Angola press, África do Sul, Brasil e Índia criticaram quarta-feira a decisão do secretário-geral da ONU (Organização das Nações Unidas), Ban Ki-moon, de autorizar ataques à casa do presidente da Côte d'Ivoire, Laurent Gbagbo, ao palácio presidencial e a bases de militares leais a ele, na última segunda-feira. Leia mais

quarta-feira, abril 06, 2011

Frelimo vai rever unilateralmente a Constituição

Renamo e MDM opuseram-se ontem em definitivo

A oposição no Parlamento disse, em definitivo, “não” à revisão da constituição. O sigilo no conteúdo da revisão, por parte da Frelimo, é a razão deste posicionamento.
A bancada parlamentar da Frelimo vai rever de forma unilateral a Constituição da República. A Renamo e o MDM votaram, ontem, contra a eleição da direcção da comissão “ad-hoc” para as mexidas na Lei-mãe.

Governo “inventa” mais despesas

Cerca de 800 funcionários que, de 1975 a 1992, exerceram funções de direcção e chefia sem o despacho formal de nomeação ou com o despacho de nomeação sem o visto do Tribunal Administrativo vão beneficiar de um vencimento excepcional, em princípio, a partir deste ano.
Esta informação foi dada a conhecer, terça-feira, em Maputo, pelo porta-voz do Conselho de Ministros, Alberto Nkutumula, no final da 11ª sessão ordinária do Conselho de Ministros.
Para o efeito, segundo Nkutumula, o governo aprovou o Decreto relativo ao regime jurídico de fixação de vencimento excepcional dos funcionários que exerceram funções de Direcção e Chefia sem o despacho formal de nomeação ou com o despacho de nomeação sem o visto do Tribunal Administrativo.
Este Decreto estabelece que este grupo de funcionários beneficia do direito de fixar o vencimento excepcional, nos termos estabelecidos pelo artigo 49 do EGFAE.
O governo diz que já há cabimento orçamental para este grupo de funcionários, faltando, simplesmente, a aprovação pela Assembleia da República.
O governo espera que a AR dê luz verde a iniciativa no sentido de garantir que os cerca de 800 funcionários até agora cadastrados possam beneficiar deste pacote compensatório.
Uma das condições para se fazer parte do grupo é que o funcionário tenha trabalhado, pelo menos, dez anos no Estado.

Fonte: @Verdade - 06.04.2011

Reflectindo: estou totalmente confuso com esta decisão. Quem são esses funcionários públicos? Se isso for a verdade, eram apenas cerca de 800 funcionários públicos que exerceram chefias e direcção nessa condição? Houve reivindicação para tal? O governo já pensou em compensar aqueles professores, enfermeiros que desde 1975 trabalharam em dois ou mais turnos sem horas extras. Há mesmo dinheiro para essas despesas? Será uma arte de criar problemas? Para quem?

Governo atribui vencimento excepcional aos funcionários públicos do período marxista

Maputo (Canalmoz) – Os funcionários do Estado que no período entre 1975 e 1992 exerceram cargos de direcção e chefia, durante dez anos sem despacho formal de nomeação ou sem visto do tribunal administrativo, a quem não foram fixados os seus salários, vão beneficiar-se de fixação excepcional dos seus vencimentos.
São no total cerca de 800 funcionários do Estado que estão nesta situação que já requereram para que os seus direitos adquiridos sejam respeitados pelo Governo. Ler mais

Fonte: CanalMoz - 06.04.2011

Aperta-se o cerco em torno do ex-presidente da Costa do Marfim




Fonte: RTP - 06.04.2011

Forças de Ouattara invadem bunker de Gbagbo na Costa do Marfim

ABIDJAN (Reuters) - Forças leais a Alassane Ouattara, que reivindica a vitória nas eleições da Costa do Marfim, invadiram o bunker onde Laurent Gbagbo desafia nesta quarta-feira os esforços para fazê-lo entregar o poder, disse uma porta-voz de Ouattara à Reuters. Ler mais

Forças de Ouattara lançam assalto final à casa de Gbagbo

Informação é avançada por fontes governamentais francesas e um porta-voz do presidente eleito

As forças do presidente eleito da Costa do Marfim, Alassane Ouattara, lançaram, esta quarta-feira, um «assalto final» à residência do presidente cessante Laurent Gbagbo. A informação é avançada pela AFP, que cita fontes governamentais francesas e um porta-voz de Ouattara.
«Laurent Gbagbo vai ser tirado do seu buraco e colocado à disposição do Presidente da República», disse à AFP Sidiki Konaté, porta-voz de Guillaume Soro, primeiro-ministro de Ouattara.
«As Forças Republicanas da Costa do Marfim [tropas pró-Ouattara] decidiram resolver o problema Laurent Gbagbo. Vamos à sua residência para pôr cobro a esta comédia. E iremos a todo o lado onde haja bolsos de resistência», acrescentou Konaté.

Fonte: TVI24 - 06.04.2011

terça-feira, abril 05, 2011

Líder marfinense nega rendição e reafirma que ganhou eleições

PARIS (Reuters) - O líder da Costa do Marfim Laurent Gbagbo afirmou nesta terça-feira que o Exército marfinense solicitou um cessar-fogo, mas negou as reportagens afirmando que ele estava pronto a se render e reiterou que se considera o vencedor das eleições do ano passado.
"O Exército pediu a suspensão das hostilidades... e está discutindo neste momento as condições para um cessar-fogo com as outras forças no terreno, mas no nível político não foi tomada nenhuma decisão", disse Gbagbo em entrevista por telefone à emissora de TV francesa LCI.
Gbagbo disse que a discussão sobre quem ganhou a eleição de novembro permanece, e acrescentou que apenas uma conversa frente a frente com o adversário Alassane Ouattara, que foi considerado vencedor do pleito pela comunidade internacional, poderá devolver a paz para a Costa do Marfim. (Reportagem de Daniel Flynn)

Fonte: Reuters.br - 05.04.2011

Qual foi a reacção do Governador?

'Accionistas' da Frelimo denunciados em público

E m Mogovolas, o partido Frelimo encontra-se numa fase conturbada e de mútuas acusações entre os membros daquela formação política, e entre estes e os respectivos dirigentes.
Segundo apurou o Wamphula fax, o facto resulta do que se apelida de “privatização” do partido, supostamente protagonizada por alguns membros do Secretariado do Comité Distrital e da Assembleia Provincial residentes naquele distrito do sul da província de Nampula.

Gbagbo negocia saída da Costa do Marfim

Por Tim Cocks e Ange Aboa

ABIDJAN (Reuters) - Laurent Gbagbo está negociando os termos de sua saída do governo da Costa do Marfim nesta terça-feira, depois de uma ofensiva violenta das forças leais ao seu rival, Alassane Ouattara, com apoio de ataques de helicópteros da ONU e da França. Ler mais

ONU dispara sobre residência de Gbagbo

Os helicópteros da missão da ONU na Costa do Marfim (ONUCI) atiraram hoje, em Abidjan, sobre o palácio e a residência do presidente cessante Laurent Gbagbo, tendo também disparado sobre dois campos do seu exército, anunciou a ONU.

Assessores ministeriais de Kadhafi fogem para o Mali com passagem pela Tunísia

Dois assessores dos ministérios líbios da Comunicação Externa e da Cooperação Internacional, respetivamente Salem Mabruk Abdallah e Jomaa Ibrahim Ammar, cruzaram segunda-feira a fronteira com a Tunísia em fuga para o Mali, noticia a Efe.

segunda-feira, abril 04, 2011

A Oposição do Botswana boicota a visita de Bingu wa Mutharika

De acordo com a Rádio de Moçambique, na edição da 19:30, a oposição do Botswana decidiu boicotar a visita do Presidente do Malawi, Bingu wa Mutharica a decorrer naquele país, por considerá-lo ditador e violador de direitos humanos.

GOVERNAÇÃO PARA O DESENVOLVI​MENTO EM ÁFRICA

A School of Oriental and African Studies, SOAS (da Universidade de Londres) e o Instituto de Estudos Sociais e Económicos (IESE), com financiamento da Fundação Mo Ibrahim organizam, de 4 a 8 de Abril, no Indy Village, em Maputo, um programa de formação sobre “Governação para o desenvolvimento em África”.


Nos dias 4 e 5 de Abril, das 18h30 às 20h30, no Indy Village haverá uma palestra e um painel de debate, abertos a todo o público interessado, que abordarão, respectivamente, os temas “Crescimento e Pobreza”, e “Problemática de Financiamento do Estado”.


Data
Hora
Tema
Apresentadores

04/04/2011
2ª Feira

18:30 - 20:30

Palestra:
“Crescimento e Pobreza


Professor Marc Wuyts
(ISS)
05/04/2011
3ª Feira

18:30 - 20:30



Painel de Debate:
“Problemáticas de Financiamento do Estado


Professor Marc Wuyts (ISS), Professor Jonathan Di John (SOAS), Professor Carlos Castel-Branco (IESE)






http://masterpieces.asemus.museum/uploads/images/SOAS.jpg        iese        http://www.sierraexpressmedia.com/wp-content/uploads/2010/06/mo_ibrahim_foundation.gif

França envia mais 150 soldados à Costa do Marfim

PARIS (Reuters) - A França enviará mais 150 soldados à Costa do Marfim a partir do Gabão para proteger os civis, disse um porta-voz das Forças Armadas nesta segunda-feira.
O envio das tropas significa que o número total de soldados franceses na Costa do Marfim aumentará para 1.650, disse Thierry Burkhard. (Reportagem de Elizabeth Pineau)

Fonte: Reuters.br - 04.04.2011

O mal de agir bem

Cesta básica e subsídio aos transportados:

O Governo decidiu esta semana mudar de filosofia em termos de medidas, com vista a atenuar o custa de vida dos moçambicanos. No pacote da inovação está a introdução de uma cesta básica que contém feijão, trigo, arroz, pão e peixe, para os trabalhadores que auferem um salário igual ou inferior a dois mil meticais. Também se observa a introdução do subsídio aos transportados, através da atribuição de

Adeus a Khadafi «pai», dizem os filhos

Filhos de Khadafi defendem democracia constitucional que inclui retirada do pai do poder

Dois filhos do líder líbio, Muammar Khadafi, propõem uma transição para a Líbia no sentido de uma democracia constitucional que inclui a retirada do seu pai do poder, avança o jornal «New York Times», esta segunda-feira, escreve a Lusa.

domingo, abril 03, 2011

Foge da Líbia mais um ministro de Khadafi

Também um conselheiro diplomático abandonou o regime

O líder líbio está cada vez mais isolado internamente. Um dos conselheiros diplomáticos de Muammar Khadafi, Ali Tikri, renunciou ao cargo, assim como o vice-ministro das Relações Exteriores, Abdelati Laabidi, que viajou para a Tunísia.

Costa do Marfim: tropas francesas tomam aeroporto de Abidjan

Intensificação dos confrontos nos últimos dias terá estado na origem da ida de tropas francesas

O aeroporto de Abidjan foi tomado este domingo por tropas francesas, segundo autoridades militares francesas citadas pela BBC.

Costa do Marfim: mil mortos em Duékoué, diz Cáritas

Cruz Vermelha tinha referido anteriormente um massacre de 800 pessoas na sequência de confrontos

Mais de mil civis morreram em confrontos na cidade de Duékoué, na Costa do Marfim, controlada por forças do presidente reconhecido internacionalmente, Alassane Ouattara, segundo a organização de assistência humanitária católica Caritas.

Rebuçado envenenado do Governo

Por Lázaro Mabunda

“Analisando, conclui-se que as mesmas, mais do que atenuantes, são agravantes do custo de vida (...). Estas medidas revelam que as despesas públicas são insuportáveis, e o Governo excedeu os limites dos gastos. Sem estas medidas, o país torna-se ingovernável.”

sábado, abril 02, 2011

Capital do país inaugura Presidência Aberta-2011

A Capital do país inaugura a época-2011 da Presidência Aberta e Inclusiva, quando o Presidente da República, Armando Guebuza, escalar a cidade do Maputo entre os dias 3 e 6 de Abril corrente, em visita de trabalho.

Durante esse período, Guebuza visitará sucessivamente os distritos municipais Ka Mfumu, Ka Tembe, Ka Mavota e Ka Nhlamankulu, onde tem reuniões marcadas com os Governos locais, Conselhos Consultivos Distritais, para além de manter encontros com as populações para se debruçar sobre o combate à pobreza urbana e rural e sobre a gestão dos sete milhões na produção de comida e criação de mais postos de trabalho.

Fonte: Jornal Notícias - 02.04.2011

Reflectindo: na minha opinião, é do seu direito visitar o país, que isso é presidência (republicana) aberta nego. Num acto corrupto, Armando Guebuza vai reunir comités da Frelimo nas províncias e distritos.
Digo desde já, que se Armando Emílio Guebuza reunir com os comités da Frelimo, o Tribunal Administrativo tem que debitar à Frelimo. Que o Tribunal Administrativo rigorosamente controle o tempo que Armando Emílio Guebuza se dedica ao partido e não à nação inteira.

sexta-feira, abril 01, 2011

Actualidade sobre Costa do Marfim

Tristeza e dor domina

Abdjan - Tristeza e dor dominou os habitantes da capital económica ivoiriense, esta sexta-feira, devido aos disparos de armas de fogo de todos os calibres, durante a esta noite. Ler mais

Reaberta fronteiras aéreas na Côte d'Ivoire para evacuar estrangeiros

O ministro do Interior do Governo do Presidente “eleito” Alassane Dramane Outtara da Côte d'Ivoire, Harmed Bakayko, anunciou sexta-feira a reabertuta das fronteiras aéreas do país "para facilitar a evacuação dos cidadãos estrangeiros. Ler mais

Emissário de Khadafi discute em Londres eventual saída para o coronel

O regime de Muammar Khadafi enviou até Londres um emissário da sua confiança para manter conversações secretas com as autoridades britânicas, numa altura em que altos cargos do regime terão abandonado o coronel nas últimas horas.

Um presente envenenado

EDITORIAL (@ VERDADE)

Por Hélder Xavier

O Governo continua a revelar-se insensível em relação à situação miserável em que, nos últimos tempos, os moçambicanos são obrigados a viver. Diariamente, o custo de vida agrava-se e, consequentemente, o poder de compra vai-se deteriorando. O Governo não perde a oportunidade de mostrar ao país a sua contínua falta de bom senso.

Confrontos ganham força em frente a resistência de Gbagbo

Abidjan - A batalha em Abidjan ganhou intensidade hoje (sexta-feira) no meio da feroz resistência das tropas de elite do actual presidente Laurent Gbagbo, que se agarra ao poder desesperadamente diante da presença dos homens do seu adversário Alassane Ouattara nos arredores da sua residência do palácio presidencial.

Côte União Africana pede a Gbagbo que ceda imediatamente o poder

Nairobi - A União Africana (UA) pediu hoje (sexta-feira) ao presidente Laurent Gbagbo que ceda imediatamente o poder ao seu rival Alassane Ouattara, reconhecido como presidente pela comunidade internacional e cujas tropas entraram em Abidjan, afirma um comunicado recebido pela AFP em Nairobi.
O presidente da UA, Jean Ping, insiste que o senhor Laurent Gbagbo para que entregue imediatamente o poder ao presidente Alassane Dramane Ouattara, com o objectivo de abreviar o sofrimento do povo marfinense, afirma o comunicado.

Fonte: Angola press - 01.04.2011

Líbia: Rebeldes líbios recuperam terreno contra Kadafi

Tripoli- Após a renúncia do ministro de Relações Exteriores de Líbia, Moussa Koussa, na quarta-feira, mais um importante aliado de Muamar Kadafi no campo diplomático abandonou seu cargo na quinta-feira. Trata-se do ex-chanceler e actual embaixador da Líbia nas Nações Unidas, Ali Abdussalm Treki.
Ali Abdussalm Treki deixou o país para o Egipto, onde fez um apelo para o fim do "derramamento de sangue" na Líbia. As informações são das agências de notícias Efe e Reuters.
"Decidi não continuar a trabalhar e não aceitar nenhuma tarefa. Oro a Deus para que me ajude a participar da salvação dessa preciosa nação", diz o comunicado divulgado pelo seu sobrinho e também diplomata, Soufian Treki.
Para ele, a busca pela liberdade e democracia devem ser priorizadas neste momento. "Não podemos deixar que o nosso país se dirija para um destino desconhecido", disse.

Fonte: Angola press - 01.04.2011

Alassane Ouattara ordena encerramento de fronteiras do país

Abidjan - O Presidente eleito da Côte d’Ivoire, Alassane Ouattara, cujas forças militares controlam actualmente várias cidades do país e cercaram Abidjan, a capital económica, após quatro dias de ofensiva, ordenou quinta-feira à noite o encerramento das fronteiras “até nova ordem”.
«As fronteiras terrestres, aéreas e marítimas estão encerradas até nova ordem », indica um comunicado do Ministério do Interior do "Governo" Ouattara.
Num outro comunicado, o campo Ouattara instaurou um recolher obrigatório das 21 às seis horas da manhã.